Temas Gerais

Mulheres participando no futebol


O futebol é uma paixão nacional. Mais do que um mero jogo, essa prática esportiva de origem britânica foi “abrasileirada” ao ponto de ser considerada uma expressão de nossa cultura e característica de nossa identidade nacional. Na realidade brasileira, o mundo da bola, apesar de representar toda uma nação, ainda demonstra abarcar um público específico – os homens -, deixando à margem a participação das mulheres, que buscam um lugar de visibilidade e respeito. Elas, assim como eles, participam do futebol de diversas maneiras, entretanto ainda possuem entraves nessa relação. O presente artigo, de caráter teórico, apresenta uma construção histórica acerca do futebol e da participação feminina no mesmo. Discute, ainda, os papéis e espaços das mulheres que torcem, jogam, arbitram, comandam e dirigem clubes de futebol. Por fim, é possível refletir, a partir da perspectiva fenomenológico-existencial heideggeriana, a participação das mulheres no contexto do futebol como Dasein, que possuem abertura de mundo e sentido de poder-ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *